Banco de personagens – A moça de cabelos pretos

Ela procurava palavras. Não qualquer palavra, uma palavra que coubesse na sua vida, como que sob medida. Por isso leu tanto e de tanto ler ganhou uma angústia dessas que não são comuns. Definitivamente não estava feliz com o que lia, quantas palavras desnecessárias, palavras sem encaixe, meras palavras. Não suportava mais, seu cérebro estava sumindo. Naquela noite, sentindo sua mente castigada demais, decidiu parar de ler. A moça de cabelos pretos foi comer morangos.

Danielle A. Giannini