O que dizer?

Tá, chegou outro ano e as personagens que transitam na nossa vida são as mesmas, talvez alguém novo, mas no geral são os mesmos rostos, vozes e discursos. Sim, muda-se a cor do cabelo, o corte, mas as palavras continuam as mesmas. Isso porque muita gente se propõe a mudar no ano novo, porém nem todo mundo sabe por onde começar (há os que começam justamente pelo cabelo … e ficam só nisso!). Cada um sabe o que quer mudar em si, ou pelo menos tenta saber, vá lá, mas se alguém quiser uma dica, a dica é ser honesto consigo e fazer uma autocrítica daquelas com muita frieza, para descobrir o que não vai bem. Um ponto de partida é relembrar as palavras que usamos no último ano, para tentar descobrir que emoções e sentimentos provocamos em que as leu ou escutou. Se mais causamos incômodos, mágoas, preocupações etc etc, então não custa nada (apesar de não ser nada fácil) começar o ano mudando as palavras, trocando aquelas usuais por outras que sejam gentis e polidas. Palavras são palavras, agora o que fazemos com elas …

Danielle A. Giannini

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s