Palavras que se vão

É assim que funciona. O sujeito fala, em muitas ocasiões sem pensar, e pronto, lá se vão as palavras. A questão é que as palavras não voltam, ou seja, depois que saem da boca de alguém vão parar nos ouvidos de outro alguém. Inevitavelmente algum efeito elas vão provocar, dependendo de sua natureza, às vezes bom, outras vezez ruim. Não é todo mundo que se dá conta disso, mas tem gente que conta justamente com esse poder das palavras e as usam com boas ou más intenções. Bem intencionando é aquele indivíduo que escolhe palavras que vão consolar, acalmar, alegrar. Mal intencionado é quem pretende magoar, diminuir, provocar ira, inveja ou ciúme. Tudo isso só com as palavras. Depois tem gente que não se importa com essa coisa que é sair falando e escutando  desleixadamente. É  preciso saber falar para o bem, é preciso escutar também!

Danielle A. Giannini

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s