Palavra que não precisa

Tem palavra que não precisa ser dita, todo mundo sabe. Então por que tem gente que diz o que não é necessário? Estou pensando que seja para preencher um vazio, como se todo vazio precisasse ser ocupado. As pessoas lotam esses vazios com qualquer palavra, essa é a verdade. Sabe quando entramos no elevador e alguém mais está lá e parece que o andar desejado não chega nunca? Tem sempre aquele que comenta do frio, da chuva ou falta dela, não porque seja um assunto urgente ou interessante, mas porque mais de uma pessoa está no elevador e um abismo está instalado entre elas … aí dá-lhe palavra de preenchimento! Honestamente, todo mundo ali sabe o suficiente sobre o clima lá fora, e mesmo assim lá se vão as palavras pelos ares do elevador. Admito, sim, a função fática sendo posta em uso para acabar com um constrangimento temporário – a viagem de elevador não demora tanto – porém pergunto-me a razão deste mal-estar. Convenção social talvez, ou seja, ficou assim convencionado que duas ou mais pessoas, estando em um espaço pequeno, devem se comunicar a todo e qualquer custo! Ah, agora entendo o motivo de tantas palavras serem ditas sem que haja a menor necessidade. Serão palavras perdidas, suponho eu; mas isso também não tem importância alguma!

Por: Danielle Arantes Giannini

Anúncios